segunda-feira, 30 de abril de 2007

Ser Engenheiro Agrimensor


Olá,
No post anterior fiquei de escrever sobre a minha profissão. Sou Engenheiro Agrimensor...
Poucas pessoas sabem exatamente do que se trata e a maioria que diz saber vai logo falando “medidor de terra”. Isso dói um pouco, mas tem lá sua dose de verdade.
O Engenheiro Agrimensor lida sim com medição de terra, (aliás, daí vem o nome), porém prefiro falar em posicionamento. Uma estrada, ponte, loteamento, cidade ou qualquer obra civil para se tornar realidade é necessário um levantamento topográfico (a espinha dorsal da Engenharia de Agrimensura). Com o levantamento somos capazes de “posicionar” a realidade materializando um mapa que será utilizado no projeto. Posteriormente os pilares, por exemplo, devem ser posicionados exatamente nos locais definidos.
Outra aplicação é o posicionamento industrial: os robôs de uma montadora de veículos precisam estar muito bem posicionados para fazer uma solda (ou qualquer outra operação) no lugar exato. Imagine um robô 0,5 cm fora de seu lugar... O Engenheiro Agrimensor é o profissional mais preparado para determinar sua posição original.
Temos hoje em dia aquelas imagens e mapas via internet e também aplicações chamadas de Geoprocessamento (quando dados geográficos dão as mãos para dados diversos – poder de consumo, degradação ambiental, etc). Como se trata também de posicionamento, o Engenheiro Agrimensor tem capacidade para atuar nesse mercado.
Não posso esquecer daquela fazenda que seu avô dividiu entre os filhos. Foi lá um Agrimensor e tratou de dividir a terra nas partes iguais (ou equivalentes).

Na verdade a topografia é uma ferramenta utilizada por praticamente todas as engenharias. Você pode ter visto um Eng. Civil posicionando a estrada, um Eng. Mecânico posicionando o robô, um Arquiteto o loteamento, um Agrônomo dividindo a terra e um Eng. Cartógrafo lidando com o Geoprocessamento. À exceção deste último o Engenheiro Agrimensor ainda é o mais indicado para tratar de posicionamento, mas isso é uma briga antiga.
Aliás, há um movimento (que não sei em que pé está) tentando unir a Engenharia de Agrimensura com a Engenharia Cartográfica dada a extrema correlação. Nos últimos anos há também uma vertente querendo mudar o nome para Geomática. Tem mais a ver com o desenvolvimento tecnológico.

Bom, acho que acabei não explicando muito bem o que é faz o Engenheiro Agrimensor, mas já será um bom começo (meus colegas de profissão que me perdoem) se você responder “medidor de terra”, entre outras coisas, claro.

Há uma boa definição e maiores informações na Wikipédia (http://pt.wikipedia.org/wiki/Engenharia_de_agrimensura)

Sucesso pra nos.

59 comentários:

Márcio Pupin de Mello disse...

Olá Elerson. Tb sou Engº Agrimensor, formado na Universidade Federal de Viçosa (UFV), onde os cursos de Engª de Agrimensura e Cartográfica já se unificaram a partir desse primeiro semestre de 2009. Em conversa com o Coordenador do curso na UFV, o prof. Dr. Dalto Domingo Rodrigues ele, que faz parte do CREA-MG, me disse que o CREA deu total apoio e disse que a academia tem mesmo que tomar as iniciativas do progresso, para que os conselhos possam segui-lo. Veja o projeto pedagógico em http://www.ufv.br/dec/eam/PRJ_ped_AGRIM_CART.pdf
Saudações...

Elerson disse...

Obrigado pela dica e pela visita meu caro.
Vou dar uma olhada no projeto e lembro-me de já ter conversado com o Dalto a respeito. Na verdade, ainda tenho minhas dúvidas sobre a unificação., mas acho que o mercado caminhará pra isso, mesmo que leve um tempo, por isso, os Conselhos acabarão aderindo. E você, onde tem trabalhado?

Anônimo disse...

Elerson, peço-lhe que retire a expressão "Enosaat disse" que consta do início da mensagem do Prof. Carlito Vieira de Moraes. Quem escreveu a mensagem sou eu, o Prof. Carlito.

Elerson disse...

Obrigado por sua visita Prof. Carlito e por sua opinião. Às vezes penso que teriamos algo parecido com a medicina: um engenheiro posicional (equivalente ao clínico geral) que pode continuar estudando para se especializar em Cartografia ou Agrimensura.

Quanto ao seu post, provavelmente alguém havia logado antes do senhor com o login "Enosaat".
Não tenho como retirar apenas o Enosaat, por isso vou excluir o comentário e republicá-lo como Anônimo.

Grande abraço.

Anônimo disse...

Santa Maria, 28 de maio de 2009

QUESTÕES ATUAIS DA ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E UNIFICAÇÃO


A a matriz de conhecimentos deve se fundamentar no que preestabelece a FIG em suas Comissões de Estudo, organização que cultiva a tradição da nossa profissão.
A questão da unificação é um problema muito sério (uma expressão popular resume bem: “dois em um que não dá um!”). Já fizeram em Viçosa, vão fazer na Bahia e só esperar que no Rio de Janeiro também farão. É a mentalidade modernista do tecnicismo inconseqüente. A tradição não existe para eles.
As organizações estrangeiras, como por exemplo, a “Ordre des Géomètres-Experts” da França e a “Ordre des Arpenteurs-Géomètres” de Quebec no Canadá não cultivam esta esta mentalidade.
Saudações,
Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria, 3 d ejunho de 2009

UNIFICAÇÃO DA ENGENHARIA DE AGRIMENSURA COM A ENGENHARIA CARTOGRÁFICA

As conseqüências imediatas são as perdas para ambas as profissões em virtude da redução da carga horária. A simplificação de conteúdos não garante a boa formação de egressos.

Com 3600 horas-aula (carga mínima) para os Cursos de Graduação em Engenharia que prevê a Câmara de Educação Superior do Conselho de Educação Superior do MEC (Homologação do Parecer nº 8/2007, publicado no DOU, Seção 1, Nº 112, de 13 de junho de 2007) torna-se inexeqüível a operacionalização do curso sem que haja perdas na formação do aluno e, por conseguinte, a prestação profissional para a sociedade ficará prejudicada.

Os defensores da unificação se apóiam na premiça de que os conteúdos diferem entre si muito pouco e que os cursos que existem não têm grande procura.

As formações são distintas e como tais devem permanecer. A Agrimensura deu uma grande contribuição ao Direito Romano e a Filologia Greco-Latina. Um exemplo recente: em 2005, na Universidade de Bologna, na Itália, defendeu-se uma tese em Filologia, em que mostra a contribuição dos tratados da agrimensura (gromática) dos romanos.

A Matriz de Conhecimento da Engenharia de Agrimensura deve ser orientada nas Comissões da Fédération Internationale des Géomètres (FIG) e das organizações a ela vinculadas, das quais algumas encontram-se na seguinte lista de endereços eletrônicos:

1www.agrimensores.org.ar
2www.grimensorescordoba.org.ar
3 www.agrimensores.org.uy
4 www.agrimensoressp.com.br
5 www. aniget.org.tn
6 www.fenea.org.br
7 www.fig.net
8 www.elagrimensor.net
9 www.elgeomensor.cl
10 www.geometre-expert.fr
11 www.geometer-europas.org
12 www. geometer-center.ru
13 www.oagq.qc.ca Ordre des
14 www. surveyors.org
15 www.surveyors.org.nz
16 www.surveyors.org.au
17 www.surveyors.org.ng
18 www.topografx.free.fr
19 www.topographie.fr.tc
20 www.mash.org.au
21 www.roskart.gov.ru
22 www.icaci.org
23 www.iho-ohi.net
24 www.citac-mex.org.mx
25 www.geomatik.ch
26 www.geomatica.ch
27 www.geomatica.ru
28 www.geomatics.ucalgary.ca
29 www.cadastre.ch
30 www.kadaster.nl
31 www.kadastr.ru
32 www.eulis.org
33 www.fvg.ch
34 www.kcle-crge.org
35 www.onigt.ma

Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria, 5 de junho de 2009


Vídeos sobre a Agrimensura

http://www.youtube.com/v/KZ3BT4Ko-0M&hl=en
Fonte: http://www.elgeomensor.cl
Acesso em 5-6-2009

http://www.oagq.qc.ca/centredocumentation/quoideneuf/16
Fonte: http://www.oagq.qc.ca
Acesso em 5-6-2009

http://www.dailymotion.com/video/x6rijt_ogevideo3_lifestyle
Fonte: http://www.geometre-expert.fr/
Acesso em 5-6-2009

Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Ser Agrimensor

"Revista Ciência Hoje das Crianças

"A revista Ciência Hoje das Crianças mostra ao público infantil que a ciência faz parte da vida de cada um e pode ser muito divertida.

"A revista estimula a curiosidade e a compreensão dos fenômenos do dia-a-dia, com a ajuda de ilustrações e experiências que podem ser realizadas pelas próprias crianças. É instrumento fundamental em sala de aula como fonte de pesquisa aos professores e de grande importância para os alunos na elaboração de deveres e projetos escolares. A publicação é adotada pelo MEC e distribuída para 107 mil escolas, como material de apoio paradidático.

"Quando Crescer, Vou Ser... Agrimensor!

"Revista Ciência Hoje das Crianças
Número:189 Mês:Abr Ano:2008. "

Fonte:
http://www.cienciamao.if.usp.br/tudo/exibir.php?midia=chc&cod=_quandocrescervouseragrimensorcienciahojedascriancas189abr2008
Acesso em 6-6-2009

Anônimo disse...

Santa Maria, 11 de junho de 2009

Assunto: Escolas dos EUA em que existe o Curso de "Engineering Survey".

Fonte: A.C.S.M.
American Congress on Surveying & Mapping
http://www.acsm.net/colleges2.html

Acesso em 11-6-2009

Pesquisa efetuada pelo Prof. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Definição das Funções do Engenheiro Agrimensor
Como adotado pela Assembléia Geral da FIG em 23 de Maio de 2004

• Resumo
O engenheiro Agrimensor é um profissional com qualificações acadêmicas e técnicas para administrar uma, ou mais, das atividades seguintes:


• determinar, medir e representar o território, objetos tridimensionais, georreferenciamento de posições e trajetórias;
• reunir e interpretar informações territoriais e geograficamente relacionadas;
• usar as informações para planejar, projetar e administrar de forma eficiente o território, o mar e espaços afins e;
• administrar pesquisas nas práticas anteriores e as desenvolver.


• Funções detalhadas
As atividades profissionais do Engenheiro Agrimensor podem envolver uma ou mais das seguintes atividades as quais podem ocorrer sob a superfície terrestre ou do mar:


1. Determinação da posição, do tamanho e da forma do território e a mensuração de todos os dados necessários para a definição da forma e o contorno de qualquer parte do território e o monitoramento de qualquer alteração.
2. Posicionamento de objetos no espaço e tempo, como também o posicionamento e monitoramento de características físicas, em estruturas trabalhos e estruturas de engenharia, sobre ou sob a superfície terrestre.
3. Desenvolvimento, teste e calibração de sensores, instrumentos e sistemas para supracitados propósitos e para propósitos da agrimensura.
4. Aquisição e o uso de informações espaciais, imagem de satélites e aérea e automatização destes processos.
5. Determinação da posição de limites do território de domínio público ou privado, inclusive limites nacionais e internacionais, e a inscrição desses territórios com as autoridades apropriadas.
6. Projeto, estabelecimento e administração de sistemas de informações geográficas e a coleta, armazenamento, análise, administração exibição e disseminação de dados.
7. Análise, interpretação e integração de objetos espaciais e fenômenos em sistemas de informação geográfica. Inclusive a visualização e comunicação de tais dados em mapas, modelos e dispositivos digitais móveis.
8. Estudo do meio ambiente natural e social, a mensuração do território e recursos marinhos e o uso de tais dados no planejamento e nos projetos de desenvolvimento em áreas urbanas, rurais e regionais.
9. Planejamento e projetos de desenvolvimento de propriedade territorial, urbana ou rural.
10. Avaliação, taxação do valor e administração de propriedade, se urbana ou rural e se territorial ou edificada.
11. Planejamento, mensuração e administração de trabalhos de intervenção territorial, inclusive a estimação de custos.
12. Estudos técnicos legais das propriedades imobiliárias.
13. Elaboração de perícias nas práticas anteriores.

Nas aplicações precedentes das atividades do Engenheiro Agrimensor leve-se em conta os aspectos legais, econômicos, ambientais e sociais pertinentes que afetam cada projeto.
No Brasil, a Engenharia de Agrimensura, como habilitação da engenharia, foi criada pela Lei n° 3.144 de 20/05/57, no governo Kubistcheck, quando pretendia o governo federal implantar a reforma agrária, ocupando grandes vazios do território brasileiro.

Em 1964, o Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia - Confea definia as atribuições para o exercício profissional do engenheiro Agrimensor. Atualmente a profissão é regulamentada pela resolução 218/73 do Confea, Lei 5194/66.

Fonte: Assembléia Geral da FIG em 23/04/04
International Federation of Survivors
Fédération Internationale des Géomètres
Internationale Vereinigung der Vermessungsingenieure

Anônimo disse...

Santa Maria, 12 de junho de 2009

Agrimensura
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Agrimensura
Acesso em 12-6-2009

Agrimensura é uma ciência muito antiga , associada a astrometria, que tinha por objetivo projetar na superfície terrestre as coordenadas celestes e assim demarcar uma extensa região terrena como se fosse num plano , no caso o Agrimensor moderno é um profissional da engenharia geográfica treinado nas industrias ópticas para manusear os modernos teodolitos, muito mais simples que os antigos.

Quem faz as medições e demarcações de propriedades agrícolas é o Engenheiro Agrimensor, aquele que faz descrições, monitoramento e define espaços físicos. O engenheiro agrimensor atual é o profissional qualificado para analisar o perfil topográfico no ambiente onde vai ser feita determinada obra, e após seu início monitorar seu andamento e procurar mapear determinados problemas que aparecerão em seu decurso. O período de formação universitária da engenharia de agrimensura é de cinco anos podendo se estender em caso de especializações ou atualização tecnológica do instrumental.

Algumas cadeiras relacionadas ao curso são:

Aerofotogrametria,
Batimetria,
Cartografia,
Geodésia,
Geologia,
Geoprocessamento,
Localização e monitoramento por GPS,
Sistema de Informação Geografica,
Topografia.
Os Engenheiros Agrimensores são necessários em canteiros de obra, acompanhamento e monitoramento de áreas rurais e construções urbanas, além de construção de rodovias, ferrovias, hidrovias, barragens, loteamentos,minerações entre outras obras. Na verdade a Engenharia de agrimensura é a mais antiga das Engenharias, datada dos primordios da civilização.

Pesquisa realizada pelo Prof. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria, 16 de junho de 2009

"Porque o conhecimento prolonga efectivamente a própria vida" Jean Piaget


Assunto: Sobre os primórdios da Geodésia e a banalização


Os primórdios da Geo+desia encontravam-se na civilização Etrusca,nos anos de 1200 e 700 a.C. É a terra de Galileu. Este nasceu em Florença, capital da Toscana que é a região onde a civilização etrusca se desenvolveu.

Os etruscos ensinaram aos romanos o conhecimento de "mensura".

Os etruscos fundaram Roma, à qual legaram os conhecimentos de engenharia e agrimensura.

A agrimensura foi a mãe da cartografia.

Em meados do século VII a.C., os etruscos atravessaram o rio Tibre e dominaram Roma. Os romanos aprenderam com os etruscos a trabalhar melhor a terra, a usar os sistemas de drenagem, a desenvolver o artesanato, a usar a moeda nas transações comerciais, a adquirir novas crenças e práticas religiosas.

O "geo" dos gregos" equivale ao "agr" dos romanos.

O conhecimento de
agrimensura passou a ser também denominado de gromática (de
"gromatici") e de arpentage (de "arpenteur").

Estes temas estão sendo retomados em pesquisas nas Universidades de
Bologna (www.unibo.it), de Besançon (www.univ-fcomte.fr) e de Rioja (www.unirioja.es).

As obras desenvolvidadas nestas universidades estão sendo
adquiridas para formar uma biblioteca particular de Agr+mensura.

Atualmente, o tecnicismo tende eliminar a tradição do conhecimento e, em conseqüência disto, o conhecimento fica estancado, i.e., não
possui os vínculos meritórios com os antepassados de Galileu.
Chegam até a desmerecer a mãe da cartografia.

Que tristeza!

Prof. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria, 17 de junho de 2009

Um evento importante programado para o ano de 2010 na Austrália

XXIV CONGRESSO DA FÉDÉRATION INTERNATIONALE DES GÉOMÈTRES (FIG) -SYDNEY-2010

Convite
Prezado Amigo,
Em nome do comitê de organizador do XXIV Congresso Internacional da FIG e
dos agrimensores Australiano, é todo meu o prazer convidar você para o FIG
2010 que será realizado em Sydney, Austrália: de 11 a 16 de abril de 2010.
O Congresso FIG 2010 juntará á milhares profissionais de agrimensura e da
gestão territorial através do globo.
Sydney, Cidade de portal da Austrália e a capital de New South Wales, está
construída ao redor de um dos maiores, mais bonitos portos no mundo com
milhas de praias douradas estendendo-se de norte a sul da cidade nas orlas
do Oceano Pacífico.
Sydney estará em abril com seu melhor clima morno, temperado, esperando
por você para apreciar todas as suas atrações inclusive a Casa de Ópera de
Sydney e a Ponte Harbour.
Nós daremos a você um sabor destas atrações maravilhosas durante os
eventos e excursões sociais organizadas para os delegados do Congresso. Se
você já considera visitar a Austrália, nós podemos oferecer a você e a sua
família muitas razões adicionais para nos visitar. Os agrimensores
australianos têm se preparado para o Congresso por vários anos e como um
gesto de nossa hospitalidade “Aussie”, estão convidando a você para uma
visita em suas casas em uma dos livres noites durante o Congresso.
O FIG 2010 será o maior Congresso de agrimensura na Austrália e a região
do Pacífico em 2010 e então será uma atração importante para visitas
australianas e também regionais. Nós temos feito esforços especiais para
conseguir a freqüência dos agrimensores da Nova Zelândia, Ásia e das ilhas
do Pacífico. O FIG 2010 incluirá um das grandes feira de comércio na
história da FIG. Nós esperamos ansiosamente boas assistências no programa
profissional, à exposição e excursões personalizadas e seminários
técnicos.
Congresso será realizado no Convention & Exhibition Centre. Este grande
instalação de propósito construída situa-se em 50 hectares de parques,
jardins, museus, centros comerciais e áreas de diversão, nas aconchegadas
nas orlas Darling Harbour. O Centro de Convenção está convenientemente
localizado nas proximidade das áreas do Central Business District e de
hotéis.
O FIG 2010 oferecerá uma excelente oportunidade para visitar Sydney e a
Austrália e uma boa razão para combinar a viagem com algum relaxamento e a
experiência do “Aussie”. Muitoestará acontecendo entre agora e 2010,
então, por favor, continuem visitando o Site www.fig.net e fique
atualizado com todas as mais recente notícias, eventos e movimentos de
nosso famoso exército de embaixadores jovens de camisa vermelha para o
Sydney 2010.
Nós esperamos ansiosamente encontrar você para uma experiência de um tempo
de vida em Sydney em abril de 2010.
We look forward to meeting you for an experience of a life time in Sydney
in April 2010.
Paul Harcombe
Diretor do Congresso, FIG 2010

Prof. Stig Enemark
Presidente da FIG

Fonte: www.fenea.org.br
Acesso em 17-6-2009

Santa Maria, 17 de junho de 2009
Pesquisa realizada pelo Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

XXIV CONGRESSO DA FÉDÉRATION INTERNATIONALE DES GÉOMÈTRES (FIG)-SYDNEY-2010

http://www.fenea.org.br/noticias/noticias_fig-2010.html
http://www.fig2010.com

Acesso em 22-6-2009

Anônimo disse...

Santa Maria, 24 de junho de 2009


INSTITUIÇÕES DA FÉDÉRATION INTERNATIONALE DES GÉOMÈTRES(FIG)

OICRF: Office International du Cadastre et du Régime Foncier
(Permanent Institution of the International Federation of Surveyors)

FIG Commission 1: Professional Standards & Practice

FIG Commission 2: Professional Education

FIG Commission 3: Spatial Information Management

FIG Commission 4: Hydrography

FIG Commission 5: Positioning and Measurement

FIG Commission 6: Engineering Surveys

FIG Commission 7: Cadastre and Land Management

FIG Commission 8: Spatial Planning & Development

FIG Commission 9: Valuation and the Management of Real Estate

FIG Commission 10: Construction Economics and Management

Pesquisa realizada no endereço em 24-6-2009 pelo Prof.Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Vejam como um conhecimento antigo se aplica em um país moderno.
Trata-se da arpentage no Canadá.

http://www.mrn.gouv.qc.ca/foncier/arpentage/

Prof. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria, 26 de junhoa de 2009

VI Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas

03 a 06 de novembro de 2009

O Curso de Pós-Graduação em Ciências Geodésicas da Universidade Federal do Paraná realizará de 3 a 6 de novembro de 2009 o VI COLÓQUIO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS GEODÉSICAS. Nesta sexta edição do evento, com o tema As Ciências Geodésicas na Era das Novas Plataformas Orbitais, busca-se consolidar o Colóquio como um espaço democrático para a troca de idéias e discussões de temas atuais na Comunidade de Ciências Geodésicas, enfocando avanços nas áreas de Geodésia, Levantamentos, Cartografia, Sistemas de Informações Geográficas, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto.

É neste espaço, voltado às discussões técnico-científicas, que o Colóquio Brasileiro de Ciências Geodésicas se posiciona. A participação de conferencistas estrangeiros com reconhecido conhecimento científico busca promover a integração das instituições de ensino e pesquisa nacionais com as instituições estrangeiras.

Na sua sexta edição, tem ao longo destes anos contado com uma participação expressiva da comunidade envolvida com as Ciências Geodésicas, que ultrapassa nossas divisas, tornando-se um evento de referência na área.

Procuramos manter os princípios que nortearam a criação do Colóquio: um espaço para a troca de idéias, informações e experiências, voltado para a pesquisa em Ciências Geodésicas. Na programação não há sobreposição de atividades de forma a propiciar uma participação plena em todas as atividades a serem desenvolvidas durante o evento.

Neste ano, uma novidade foi incorporada ao evento: serão aceitos apenas resumos estendidos com o conteúdo de trabalhos já concluídos ou em fase de conclusão, sendo que a Comissão Cientifica selecionará durante o evento um conjunto de trabalhos de reconhecido destaque e os convidará para a submissão do trabalho completo ao Boletim de Ciências Geodésicas

Fonte: http://www.cbcg.ufpr.br/princi.htmlAcesso em 25-9-2009

Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria, 26 de junho de 2009

"ARPENTEUR-GÉOMÈTRE E GÉOMATIQUE"

{L’arpenteur-géomètre

Description de la profession

C’est un officier public qui a l’exclusivité des actes d’arpentage et de cartographie à des fins cadastrales et légales.

C’est un spécialiste de la conception et de l’aménagement et un expert du droit foncier.

Il effectue les opérations scientifiques, administratives, légales et techniques requises dans le cadre de travaux de levés reliés à l’établissement du droit de propriété.

Il réalise des travaux de délimitation, d’aménagement, de bornage et d’autres opérations à caractères technique et légal comme l’immatriculation cadastrale, le certificat de localisation et la gestion des biens-fonds privés ou public.

Qu’est-ce que la géomatique ?

La géomatique est un domaine qui fait appel aux sciences, aux technologies de mesure de la terre ainsi qu’aux technologies de l’information pour faciliter l’acquisition, le traitement et la diffusion des données sur le territoire (aussi appelées “données spatiales “, “données géospatiales” ou ” données géographiques”).

Le mot géomatique a été déterminé pour regrouper de façon cohérente l’ensemble des connaissances et technologies nécessaires à la production et au traitement des données numériques décrivant le territoire, ses ressources ou tout autre object ou phénomème ayant une position géographique.

Ses racines sont “Géo”, qui veut dire Terre, et “matique” vient de informatique , soit le traitement automatique de l’information.

Le terme a été proposé à la fin des années 1960 par le scientifique français Bernard Dubuisson, un géomètre et photogrammètre reconnu, afin de refléter ce que devenait la réalité de cette profession à cette époque. C’est cependant au Québec que le mot “géomatique” a été adopté et a pris toute sa signification au début des années 1980. Le Québec, et particulièrement l’Université Laval, lui ont donné les fondements nécessaires pour en faire une discipline à part entière. Ce terme est aujourd’hui utilisé dans le monde entier par des associations scientifiques et professionnelles, par des organismes gouvernementaux, par plusieurs entreprises privées et par d’autres universités. L’Université Laval est très fière d’avoir été la pionnière en créant, en 1986, le premier programme universitaire de géomatique au monde.

Finalement, voici la définition officielle de la géomatique selon l’Office de la Langue française : “Discipline ayant pour objet la gestion des données à référence spatiale et qui fait appel aux sciences et aux technologies reliées à leur acquisition, leur stockage, leur traitement et leur diffusion. La géomatique fait appel principalement à des disciplines comme la topométrie, la cartographie, la géodésie, la photogrammétrie, la télédétection et l’informatique”.

Fonte:
http://www.scg.ulaval.ca}

Acesso em 26-6-2009
Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria, 2 de julho de 2009

"Porque o conhecimento prolonga efectivamente a própria vida"
Jean Piaget

Assunto: Oportunidade de Trabalho para os Profissionais da Agrimensura

Senhores

O INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE (IFC) publicou um edital de abertura de concurso público.

Algumas das vagas estão destinadas aos profissionais de Agrimensura (vejam parte do edital a seguir):

[...
6152 Geomática/Agrimensura − Engenheiro Agrimensor com licenciatura plena ou esquema I;
ou
− Engenheiro Agrimensor com mestrado ou doutorado; ou
− Engenheiro cartográfico com licenciatura plena ou esquema I;
ou
− Engenheiro cartográfico com mestrado ou doutorado; ou
− Engenheiro Agrônomo com mestrado ou doutorado na área de
Agrimensura/Geomática; ou
− Engenheiro Florestal com mestrado ou doutorado na área de
Agrimensura/Geomática; ou
− Engenheiro Agrícola com mestrado ou doutorado na área de
Agrimensura/Geomática; ou
− Engenheiro Civil com mestrado ou doutorado na área de
Agrimensura/Geomática.
Rio do Sul 02

7. DAS VAGAS RESERVADAS AOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA
7.1. Serão reservadas vagas aos portadores de deficiência, para o cargo e área ou cargo cujas atribuições sejam
compatíveis com a deficiência de que sejam portadores, na proporção de 5% (cinco por cento) das vagas previstas
para o concurso, arredondado este número estatisticamente para inteiro (Artigo 5º Parágrafo segundo da Lei
8.112/90) como segue:
Cód. Cargo/Área Campus de Lotação Vagas
2018 Assistente em Administração Concórdia 1
2035 Assistente em Administração Videira 1
6080 Eletroeletrônica Videira 1
6152 Geomática/Agrimensura Rio do Sul 1
6197 Informática Videira 1
6269 Matemática II Sombrio 1
6361 Mecânica Videira 1

...].

Pesquisa realizada pelo Prof. Carlito Vieira de Moraes em 2-7-2009.

Anônimo disse...

Santa Maria, 4 de de julho de 2009

"Porque o conhecimento prolonga efectivamente a própria vida"
Jean Piaget

Assunto:
FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA DO MINISTÉRIO DE
EDUCAÇÃO BRASILEIRO: OS CURSOS DE ENGENHARIA TERÃO NOMENCLATURA ATUALIZADA

Senhores (Monsieurs)

"As contribuições à consulta pública dos cursos de engenharia devem ser enviadas por meio do formulário de avaliação para o endereço eletrônico referenciais.sesu@mec.gov.br." (www.mec.gov.br)

Anônimo disse...

"Porque o conhecimento prolonga
efectivamente a própria vida"
Jean Piaget

UNIFICAÇÃO DA ENGENHARIA DE AGRIMENSURA COM A ENGENHARIA CARTOGRÁFICA

No Brasil se discute a unificação da Engenharia de Agrimensura com a Engenharia Cartográfica em uma única profissão. A idéia, existente faz cerca de 30 anos, está em execução na Universidade Federal de Viçosa. O mesmo exemplo está sendo seguido pela Universidade Federal da Bahia. A unificação de duas engenharias em uma é muito ruim no que concerne a restrição da oportunidade de acesso ao conhecimento. A sociedade brasileira é a perdedora. As 3600 horas-aula (carga mínima) para os Cursos de Graduação em Engenharia que prevê a Câmara de Educação Superior do Conselho de Educação Superior do MEC (Homologação do Parecer nº 8/2007, publicado no DOU, Seção 1, Nº 112, de 13 de junho de 2007) são insuficientes para a operacionalização de um curso unificado sem que haja perdas na formação do aluno e, por conseguinte, a prestação profissional para a sociedade ficará prejudicada. Os defensores da unificação se apóiam na premiça de que os conteúdos diferem entre si muito pouco e que os cursos que existem não têm grande procura. As formações de Engenheiro Agrimensor e de Engenheiro Cartógrafo são distintas e como tais devem permanecer. A Agrimensura é a mais antiga das engenharias. Na França, a profissão "Engenheiro Agrimensor" recebe o nome de "Géomètre-Expert". Veja-se o artigo "Histoire de la profession. Le géomètre-expert:l'un des plus vieux métiers du monde" em . A sua sistematização se iniciou com a Civilização da Etrúria, cerca de 17 séculos A.E.C.(atualmente é a região da Toscana na Itália). É a terra de Galileu. A Agrimensura possui uma literatura vasta, denominada por Literatura Gromática. Atualmente esta literatura vem sendo pesquisada e ressistematizada por pesquisadores da Itália ("Università di Bologna"), França ("Université de Franche-Comté") e Espanha ("Universidad de la Rioja"). Os etruscos ensinaram os romanos e, por conseqüência, contribuiram para a formação do Direito Romano. Um exemplo é a "Actio Finium Regundorum" que é a ação que trata dos limites fundiários no Direito Romano e herdado pelos juristas brasileiros (encontra-se na Doutrina e no Código de Processo Civil) e provavelemte é conhecimento jurídico herdado pela maioria dos povos quanto às questões dos limites fundiários. Um exemplo recente: em 2005, na Universidade de Bologna, na Itália, defendeu-se uma tese em Filologia, em que mostra a contribuição dos tratados da Agrimensura (gromática) dos romanos. A situação atual no Brasil tem mostrado que o conhecimento que resulta na formação profissional se tornou um problema empresarial. Se a empresa não vai bem no mercado, ela se une com outra que possui afinidade. Faz-se um "marketing" fervoroso e o povo obedece. A unificação é um retrocesso. Ela suprime o desenvolvimento das especificidades, as quais são a razão de ser da Ciência e da Técnica.

Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

"Porque o conhecimento prolonga
efectivamente a própria vida"
Jean Piaget

UNIFICAÇÃO DA ENGENHARIA DE AGRIMENSURA COM A ENGENHARIA CARTOGRÁFICA

No Brasil se discute a unificação da Engenharia de Agrimensura com a Engenharia Cartográfica em uma única profissão. A idéia, existente faz cerca de 30 anos, está em execução na Universidade Federal de Viçosa. O mesmo exemplo está sendo seguido pela Universidade Federal da Bahia. A unificação de duas engenharias em uma é muito ruim no que concerne a restrição da oportunidade de acesso ao conhecimento. A sociedade brasileira é a perdedora. As 3600 horas-aula (carga mínima) para os Cursos de Graduação em Engenharia que prevê a Câmara de Educação Superior do Conselho de Educação Superior do MEC (Homologação do Parecer nº 8/2007, publicado no DOU, Seção 1, Nº 112, de 13 de junho de 2007) são insuficientes para a operacionalização de um curso unificado sem que haja perdas na formação do aluno e, por conseguinte, a prestação profissional para a sociedade ficará prejudicada. Os defensores da unificação se apóiam na premiça de que os conteúdos diferem entre si muito pouco e que os cursos que existem não têm grande procura. As formações de Engenheiro Agrimensor e de Engenheiro Cartógrafo são distintas e como tais devem permanecer. A Agrimensura é a mais antiga das engenharias. Na França, a profissão "Engenheiro Agrimensor" recebe o nome de "Géomètre-Expert". Veja-se o artigo "Histoire de la profession. Le géomètre-expert:l'un des plus vieux métiers du monde" em . A sua sistematização se iniciou com a Civilização da Etrúria, cerca de 17 séculos A.E.C.(atualmente é a região da Toscana na Itália). É a terra de Galileu. A Agrimensura possui uma literatura vasta, denominada por Literatura Gromática. Atualmente esta literatura vem sendo pesquisada e ressistematizada por pesquisadores da Itália ("Università di Bologna"), França ("Université de Franche-Comté") e Espanha ("Universidad de la Rioja"). Os etruscos ensinaram os romanos e, por conseqüência, contribuiram para a formação do Direito Romano. Um exemplo é a "Actio Finium Regundorum" que é a ação que trata dos limites fundiários no Direito Romano e herdado pelos juristas brasileiros (encontra-se na Doutrina e no Código de Processo Civil) e provavelemte é conhecimento jurídico herdado pela maioria dos povos quanto às questões dos limites fundiários. Um exemplo recente: em 2005, na Universidade de Bologna, na Itália, defendeu-se uma tese em Filologia, em que mostra a contribuição dos tratados da Agrimensura (gromática) dos romanos. A situação atual no Brasil tem mostrado que o conhecimento que resulta na formação profissional se tornou um problema empresarial. Se a empresa não vai bem no mercado, ela se une com outra que possui afinidade. Faz-se um "marketing" fervoroso e o povo obedece. A unificação é um retrocesso. Ela suprime o desenvolvimento das especificidades, as quais são a razão de ser da Ciência e da Técnica.

Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria, 22 de julho de 2009



A Natureza sempre revela fenômenos astronômicos à Humanidade.


Quantos fenômenos astronômicos, além dos eclipses, os brasileiros
poderiam contemplar, se a Astronomia fosse uma disciplina
instituída desde o ensino fundamental até o ensino de graduação!

À medida que a Humanidade evolui no tecnicismo, os conhecimentos
básicos fundamentais da Natureza tendem a receber importância
menor.


Prof. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria, 27 de julho de 2009

CONTRIBUIÇÕES AO PROJETO “REFERENCIAIS NACIONAIS DE GRADUAÇÃO – ENGENHARIAS” DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRO

Senhores Engenheiros e Docentes do Magistério Superior

O Projeto “REFERENCIAIS NACIONAIS DE GRADUAÇÃO – ENGENHARIAS” DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRO estabelece a existência de 22 (vinte e dois) Cursos de Engenharia.

No projeto não há menção do Curso de Engenharia Cartográfica, criado desde 1965, existente e reconhecido há cerca de 30 anos no Brasil. Existem 6 Instituições de Ensino brasileiras em que este curso está instituído: Universidade Estadual Paulista (UNESP), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Instituto Militar de Engenharia (IME).

“O Curso de Engenharia Cartográfica da UERJ tem origem na área civil do Curso de Engenharia. Ele foi criado em 1965, reconhecido pelo Decreto 83.217, de 28 de fevereiro de 1979 e, desde então, tem formado engenheiros cartógrafos” (http://www.carto.eng.uerj.br).

No projeto, o referencial para o Curso de Engenharia Cartográfica é o Curso de Engenharia de Agrimensura.

Aqui está o retrocesso. Estes cursos são independentes entre si e harmônicos. Eles são de formação específica e não de formação generalista.

Mundialmente, existem duas organizações distintas e bem definidas em seus propósitos que são Fédération Internationale des Géomètres (FIG) que é o referencial do conhecimento de Agrimensura para o mundo e a Association Cartographique International (ACI) que é o referencial para a Cartografia.

No projeto não existe esta consideração, o que é lamentável! As contribuições são efetuadas em formulário disponível no endereço: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=13812&Itemid=995.

A data limite é 31-7-2009.

Atenciosamente,

Prof. Engenheiro Agrimensor Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria, 30 de julho de 2009.

CONTRIBUIÇÕES AO PROJETO: REFERENCIAIS NACIONAIS DE GRADUAÇÃO – ENGENHARIAS DO MINISTERIO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRO.

CONTRIBUIÇÕES AO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA.

PERFIL DO EGRESSO: O Engenheiro Agrimensor é o profissional de especificidade técnico-científica que obtém e trata dados de levantamentos topométricos, geodésicos, astronômicos, gravimétricos, hidrológicos, hidrográficos, fotogramétricos, batimétricos, de processos judiciais, da Gromática e em imagens. Elabora cartas para obras de infraestrutura, ações judiciais e serviços e obras ambientais. Faz a locação de obras civis, de transportes, de túneis, de dutos, projetos de assentamentos rurais e urbanos, a demarcação, a divisão, a discriminação, a partilha de terras e o georreferenciamento, vistorias, perícias, avaliações, arbitramentos, laudos e pareceres técnicos, loteamento, desmembramento, remembramento, arruamento e traçado de cidade. Emite laudos e pareceres técnicos. Firma-se na ética e na segurança.

TEMAS TRATADOS NA FORMAÇÃO: Atendidos os conteúdos do núcleo básico da Engenharia, os conteúdos profissionalizantes do curso são: Computação; Mecânica; Eletricidade; Meio Ambiente; Obras da Construção Civil; Transportes. Os conteúdos de formação específica são: Gromática (Agrimensura), Desenho Técnico; Direito Processual Civil; Topometria; Geodésia; Astronomia Geodésica; Gravimetria; Mensuração; Ajustamento de Observações; Monitoramento de estruturas; Geotecnia; Sistemas de Projeção Cartográficas; Fotogrametria; Hidráulica; Hidrologia; Saneamento; Irrigação; Drenagem; Sensoriamento Remoto; Cadastro Técnico; Rodovia; Ferrovia; Hidrovia; Túnel; Mina; Duto; Batimetria; Limite Fundiário; Traçado de Cidade; Gleba; Arruamento; Desmembramento; Remembramento; Loteamento; Perícia; Avaliação; Laudo; Registro de Imóveis.

ATUAÇÃO: O Engenheiro Agrimensor é habilitado para trabalhar em empresas de engenharia, indústria, construção civil, serviço público e instituições de ensino e pesquisa; em obras e construções, em planejamento, monitoramento, administração e controle de grandes obras. Monitora o espaço físico na construção de rodovias, ferrovias, hidrovias, portos, aeroportos, túneis, minas subterrâneas, dutos, barragens; no parcelamento do solo; em obras de extrativismo; em sistema de saneamento, irrigação e drenagem. Dá assistência ao Poder Judiciário, nas funções de perito agrimensor, perito arbitrador e perito avaliador. Interpreta o princípio da especialidade para a composição da matrícula imobiliária. Faz cadastro técnico, planta genérica de valores, vistorias e perícias para a administração pública.

INFRA-ESTRUTURA DE CURSO: Biblioteca de Engenharia de Agrimensura. Laboratório de Instrumentação Topométrica, Geodésica, Astronômica e Gravimétrica; Laboratório de Processamento de dados Topométricos, Geodésicos, Astronômicos e Gravimétricos; Laboratório de Fotogrametria; Laboratório de Sensoriamento Remoto, Laboratório de Cartografia; Laboratório de Informática; Laboratório de Mecânica dos Sólidos e Mecânica dos Fluidos.

Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria, 4 de agosto de 2009

PROJETO DO MEC: "REFERENCIAIS NACIONAIS DE GRADUAÇÃO – ENGENHARIAS"

O Curso de Engenharia Cartográfica seria extinto ou incorporado ao Curso de Engenharia de Agrimensura.
Essa redução talvez seja devido à idéia da formação generalista existente em alguns projetos pedagógicos de curso superior.

Mas, um curso de engenharia é, por excelência, um curso que trata a especificidade técnico-científica.

Ambos os cursos são patrimônios culturais da Engenharia Brasileira e do Mundo.

NOTAS IMPORTANTES:
No Brasil existem 9 Instituições de Ensino Superior em que o Curso de Engenharia de Agrimensura está instituído. Estas instituições são:
1) Universidade Federal do Piauí (UFPI);
2) Universidade Federal de Alagoas (UFAL);
3) Escola de Engenharia Eletro-mecânica da Bahia (EEEMBA);
4) Universidade Federal de Viçosa (UFV);
5) Universidade de Engenharia de Minas Gerais (FEAMIG);
6) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ);
7) Faculdade de Engenharia de Agrimensura de Pirassununga (FEAP);
8) Faculdades Logatti;
9) Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina (UNESC).

Na República Argentina existem 13 Instituições de Ensino Superior em que o Curso de Engenharia de Agrimensura está instituído:
1) Universidad Nacional del Sur;
2) Universidad de Buenos Aires;
3) Universidad Nacional de Córdoba;
4) Universidad del Nordeste;
5) Universidad de La Plata;
6) Universidad Justo Agustín Maza;
7) Universidad de Morón;
8) Universidad Nacional de Rosário;
9) Universidad Nacional de Catamarca;
10) Universidad Nacional de Tucumán;
11) Universidad Nacional de San Juan;
12) Universidad Nacional del Litoral;
13) Universidad Nacional de Santiago del Estero.
Fonte: Federación Argentina de Agrimensores (FADA)
Disponível em: http://www.agrimensores.org.ar/uni.htm
Acesso em 1º-8-2009.

Na República do Chile, existem 4 Instituições (lá, eles chamam Geomensura):

1) Universidad de Santiago de Chile;
2) Universidad Tecnológica Metropolitana del Estado de Chile;
3) Universidad de Antofagasta;
4) Universidad de Concepción.
Fonte: COLEGIO DE INGENIEROS DE EJECUCION EN GEOMENSURA
Disponível em: http://www.geomensura.cl/
Acesso em 3-8-2009.

Existem 6 Instituições de Ensino brasileiras em que o Curso de Engenaria Cartográfica está instituído:
1) Universidade Estadual Paulista (UNESP);
2) Universidade Federal do Paraná (UFPR);
3) Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);
4) Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ);
5) Universidade Federal de Pernambuco (UFPE);
6) Instituto Militar de Engenharia (IME).

“O Curso de Engenharia Cartográfica da UERJ tem origem na área civil do Curso de Engenharia. Ele foi criado em 1965, reconhecido pelo Decreto 83.217, de 28 de fevereiro de 1979 e, desde então, tem formado engenheiros cartógrafos” (http://www.carto.eng.uerj.br).


Mundialmente, existem duas organizações distintas e bem definidas em seus propósitos que são:

1) a Fédération Internationale des Géomètres (FIG) - também denominada: International Federation of Surveyors, Internationale Vereinigung der Vermessungsingenieure, (Международная Федерация Геодезистов Информационная страница, em russo) e Federación Internacional de Agrimensores – que é o referencial do conhecimento de Agrimensura para o mundo (www.fig.net);

2) a Association Cartographique International (ACI) que é o referencial para o conhecimento de Cartografia para o mundo (www.icaci.org).

Portanto, a instituição do Curso de Engenharia Cartográfica deve ser mantida e não redenominada como curso de Engenharia de Agrimensura.

Professor Engenheiro Agrimensor Carlito Vieira de Moraes.
Professor no Departamento de Engenharia Rural da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Av. Roraima, 1000
Edifício 42 - Sala 3101
Santa Maria-RS
97105900

Anônimo disse...

Santa Maria, 5 de agosto de 2009

ASSUNTO:
RAZÕES DA INDEPENDÊNCIA ENTRE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA E ENGENHARIA CARTOGRÁFICA


Senhores Engenheiros e Docentes do Magistério Superior

Unir duas formações que na maioria dos outros países mundo são diferentes é um contra-senso.

Nós brasileiros estamos com a idéia da formação generalista dos Engenheiros.

As 3600 horas de carga horária mínima de um projeto pedagógico de curso só é possível na formação generalista.

Vamos pensar como é um curso de Medicina. São 7.200 horas. Esta carga abrangeria Agrimensura+Cartografia. Mas, não haveria pretendentes ao suposto curso.

Se a unificação acontecer, o tempo dirá que deve ser recriado o Curso de Graduação em Engenharia Cartográfica no Brasil, pois é só ver o que a Association Cartografique Internationale estuda em suas comissões e
as organizações a ela vinculadas
(http://cartography.tuwien.ac.at/ica/index.php/Commissions/Commissions).

Qual o profissional que elaborará o mapeamento sistemático?
Qual o profissional que estudará e aplicará com rigor os métodos em fotogrametria?
Qual o profissional que tratará as imagens?

Não serão uma ou duas disciplinas, que poderiam existir em um projeto pedagógico de Curso de Engenharia de Agrimensura + Engenharia Cartográfica, que contemplem cada uma destas três questões, dará ao egresso as condições mínimas para a profissão unificada.

É notório que o Engenheiro Agrimensor não apenas mede divisas de propriedades imobiliárias. Nunca foi assim. As empresas mostram que nunca foi assim. As organizações em outros países são explícitas de que não é assim. Essa idéia é popular.

As justificativas da consolidaçção da intituição do Curso de Engenharia de Agrimensura no Brasil são as próprias organizações existentes em outros países.

Vamos refletir.

Saudações,
Prof. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, 18 de agosto de 2009

Senhores Engenheiros e Docentes do Ensino Superior.

Assunto: Desenvolvimento da Agrimensura nos EUA .

Nos EUA, a Agrimensura se encontra muito bem valorizada.

E no Brasil?

Acessem a página de “The American Surveyor” (http://www.amerisurv.com).

Alguns vídeos ilustrativos mais recentes (http://www.amerisurv.com/content/view/6432/172).

Data do acesso: 14-8-2009.

Verifiquem.

Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, 20 de agosto de 2009


Temas da profissão são tratados pela Ordre National des Ingénieurs Géomètres Topographes (ONIGT),Instituição do Marrocos, conforme o texto a seguir.

_______________________________
1er congrès international de l'Union Arabe des Géomètre (UAG)

Beyrouth les 29, 30 Juin et 1 Juillet 2009

Les données géographiques constituent une base importante pour les décisions politiques et la conduite de l'administration. En politique, en économie ou dans la vie privée, entre 60 et 80% des décisions prises s'appuient sur une référence spatiale.
La carte a depuis toujours occupé le rôle fédérateur pour cette information localisée. De nombreuses sciences et technologies sont impliquées dans la production, la présentation, la diffusion et dans l'utilisation des données localisées.
En raison de son utilité propre mais aussi par les positions stratégiques qu'elle permet de prendre, la carte, support de l'information spatiale, constitue un volet à part entière du développement de la société d'information et un élément essentiel de l'infrastructure nationale au même titre que les réseaux de distribution, du transport et de communication, mais aussi comme base à l'investissement.

L'ingénieur géomètre topographe, en tant qu'acteur incontournable dans les différentes phases de l'élaboration de la carte voit que l'unification de la carte dans les pays arabes est une nécessité de nature à faciliter un échange fluide de l'information spatiale et par la suite à favoriser un meilleur développement intégré et harmonieux dans les pays arabes.

De là, le choix du thème du 1er congrès de l'Union Arabe des Géomètres intitulé : « une carte unifiée pour le monde arabe » constitue un sujet d'intérêt pour les acteurs politiques, les décideurs et les professionnels impliqués dans la planification durable et la gestion des ressources dont les IGT.

Ce congrès se veut un forum et un espace d'échange traitant de la formation et de l'organisation de la profession d'ingénieur géomètre topographe dans le monde arabe aux problématiques liées à l'élaboration d'une carte en passant par les normes et ses différentes formes de représentation.
Le thème du congrès se décline en sous thèmes, dont :
-La formation de l'ingénieur géomètre topographe ;
-L'organisation de la profession de l'ingénieur géomètre topographe ;
-La normalisation de la carte ;
-Les problématiques liées à la toponymie ;
-Les Référentiels géodésiques régionaux horizontaux et verticaux ;
-La cartographie des phénomènes naturels ;
-Le Cadastre et aménagement du territoire ;
-Les infrastructures des données spatiales ;
-Les formes et représentations cartographiques.

___________________________________
Fonte: (http://www.onigt.ma)
Acesso em 20-8-2009

Pesquisa realizada pelo Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moares

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, 22 de agosto de 2009

Senhores Agrimensores e Docentes do Ensino Superior

A seguir está disponibilizada uma lista de endereços "internet" de Instituições de Agrimensura (Geomensura, Gromática, Arpentage, Surveying, Vermessungswesen, ...) existentes no mundo.

As finalidades da divulgação são a valorização do conhecimento e a valorização da nossa profissão.

Solicito a gentileza dos Senhores em informar o endereço de alguma instituição que não foi mencionada na lista, para que todas as instituições do mundo estejam na lista.

Saudações,
Prof. Engenheiro Agrimensor Carlito Vieira de Moraes.
mensor@estadao.com.br


INSTITUIÇÕES DE AGRIMENSURA NO MUNDO

1) www.agrimensores.org.ar
Federación Argentina de Agrimensores (FADA)

2) www.agrimensorescordoba.org.ar
Colegio de Agrimensores de la Provincia de Córdoba

3) www.agrimensoreschubut.org.ar
El Sitio de los Agrimensores

4) www.agrimensores.org.uy
Asociación de Agrimensores del Uruguay

5) www. agrimensoressp.com.br
Associação Profissional dos Engenheiros Agrimensores no Estado de
São Paulo (APEAESP)

6) www.aniget.org.tn
Association Nationale des Ingenieurs Géomètres Experts Tunisiens
(ANIGET)

7) www.ant.online.pt
Associação Nacional de Topógrafos

8) www.ciapr.org
Colegio de Ingenieros y Agrimensores de Puerto Rico

9) www.cig-acsg.ca
Canadian Institute of Geomatics
Association Canadienne des Sciences Géomatiques

10) www.collegio.geometri.vr.it
Collegio Geometri di Verona

11) www.cng.it
Consiglio Nazionale Geometri e Geometri Laureati

12) www.fig.net
Fédération Internationale des Géomètres (FIG)

13) www.elagrimensor.net
elagrimensor.net Geociências en hispanoamerica

14) www.elgeomensor.cl
elgeomensor.cl

15) www.geomensura.cl
Colegio de Geomensores do Chile

16) www.geometre-expert.fr
Ordre des Géomètres-Experts (OGE)

17) www.geometer-europas.org
Geometer Europas (GE)

18) www.geometer-center.ru
ГЕОМЕТР Ценшр

19) www.igs-ch.ch
Ingenieur-Geometer Schweiz (IGS)
Ingénieurs-Géomètres Suisses (IGS)
Ingegneri-Geometri Svizzeri (IGS)

20) www.jsurvey.jp
Japan Association of Surveyors (JAS)

21) www.isk.or.ke
The Institution of Surveyors of Kenya

22) www.lsrp.com
Land Surveyor Reference Page

23) www.oagq.qc.ca
Ordre des Arpenteurs-Géomètres du Québec

24) www.onigt.ma
Ordre National des Géomètres Topographes

25) www.profsurv.com
Professional Surveyor

26) www.surveyors.org
surveyors.org

27) www.surveyors.org.nz
NEW ZEALAND INSTITUTE OF SURVEYORS

28) www.surveyors.org.au
ISNSW THE INSTITUTION OF SURVEYORS NSW INC

29) www.surveyors.org.ng
Nigerian Institution of Surveyors

30) topografx.123.fr
TOPOGRAFX

31) www.topographie.fr.tc
Topographie.fr.tc Portail Tunisien de la Topographie

Pesquisa realizada pelo Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes no período: do ano 2001 ao ano 2009.

Anônimo disse...

Santa Maria, 24 de agosto de 2009

Assunto: MUDANÇA DE NOMENCLATURA DOS CURSOS DE ENGENHARIA NO BRASIL

Senhores Engenheiros e Docentes do Magistério Superior

Acompanhem as reuniões de trabalho sobre a mudança de nomenclatura dos cursos de Engenharia realizadas pelo Instituto de Engenharia de São
Paulo (www.ie.org.br).

O Instituto de Engenharia (IE) solicitou prazo ao MEC para a
conclusão do estudo.

Vejam a notícia do IE, na íntegra, publicada no dia 11-8-2009, a seguir.
________________________________
Publicado em 11/08/2009

NA MÍDIA - Ministério da Educação vai padronizar nomes de cursos de
Engenharia

PINIWeb

O Ministério da Educação (MEC) vai reduzir a quantidade de denominações de cursos de graduação em Engenharia brasileiros. A proposta do MEC, que deve ser revista nos próximos meses, é condensar os cerca de 258 nomes em apenas 22. A lista final deverá ser apresentada até o final deste ano.

A proposta do MEC, que será aplicada também a outras áreas do
conhecimento, visa uniformizar as denominações dos cursos de Engenharia. Para o Ministério, existem muitos cursos com conteúdo e perfis de formação parecidos, mas com nomes diferentes.

O prazo de consulta pública sobre a proposta encerrou-se na última
quarta-feira, dia 5 de agosto. O prazo exíguo de pouco mais de um mês e o período de divulgação da proposta - nas férias escolares de julho - foram objeto de crítica de representantes acadêmicos e profissionais da área.

O Instituto de Engenharia (IE), junto com escolas de engenharia paulistas, divulgou no início do mês um Manifesto solicitando a prorrogação do período de consulta pública até o dia 30 de setembro. Segundo o grupo, o prazo apertado teria prejudicado uma discussão mais completa sobre o tema.

Os assinantes do Manifesto concordam, em princípio, com a iniciativa do MEC, mas ressaltam a
necessidade de analisar a proposta mais detalhadamente. A preocupação é que, com uma nova sistemática mal discutida, poderia haver distorções que afetassem os registros e o próprio exercício profissional, além de
demandar modificações nas grades curriculares dos cursos de engenharia e do perfil dos profissionais.

O Instituto de Engenharia e representantes de universidades paulistas se reuniram com representantes do MEC na última quinta-feira, dia 6. Segundo
o presidente do instituto, Aluizio de Barros Fagundes, o grupo participará do comitê que definirá a lista final de nomes de cursos de Engenharia. Até o final de setembro será elaborado um relatório com sugestões de melhoria
na proposta apresentada pelo MEC.

"Creio que esse número - 22 nomes - é um pouco exagerado para baixo. Nosso relatório deverá sugerir uma quantidade de denominações maior do que a lista apresentada pelo MEC, mas sem dúvida bem abaixo dos atuais 258 cursos de graduação existentes", explica Fagundes. "No Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea) temos 98 atribuições diferentes em Engenharia".

Segundo Fagundes, a iniciativa do MEC tem o objetivo claro de acabar com os "cursos de ocasião".

"Essa é uma preocupação antiga das escolas de engenharia radicionais. Por isso, afirma, o apoio de nomes como a Universidade de São Paulo, a
Universidade Mackenzie, o Centro Universitário FEI (Faculdade de
Engenharia Industrial) e o Instituto Mauá de Tecnologia.
Se confirmada, a condensação dos nomes dos cursos de engenharia deverá exigir a mudança da grade curricular nas faculdades e universidades. "A Engenharia Civil será a menos afetada", afirma Fagundes.

"Mas a Engenharia Automotiva, por exemplo, é uma Engenharia Mecânica
especializada no desenvolvimento de automóveis. Portanto, deve-se discutir se é necessário mesmo diferenciar esses cursos", explica Fagundes, antecipando parte da discussão do grupo. De acordo com o presidente do IE, merecerão atenção também especialidades como Engenharia Ambiental, Engenharia Mecatrônica e Bioengenharia.
_____________________________

Pesquisa realizada pelo Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, 31 de agosto de 2009

SURVEYOR'S CREED AND CANONS

As a Professional Surveyor, I dedicate my professional knowledge and skills to the advancement and betterment of human welfare.

I pledge:

To give the utmost of performance;

To participate in none but honest enterprise;

To live and work according to the laws of humankind and the highest standards of professional conduct;

To place service before profit, honor and standing of the profession before personal advantage, and the public welfare above all other considerations;

In humility and with need for Divine Guidance, I make this pledge.

Canon 1.
A Professional Surveyor should refrain from conduct that is detrimental to the public.

Canon 2.
A Professional Surveyor should abide by the rules and regulations pertaining to the practice of surveying within the licensing jurisdiction.

Canon 3.
A Professional Surveyor should accept assignments only in one's area of professional competence and expertise.

Canon 4.
A Professional Surveyor should develop and communicate a professional analysis and opinion without bias or personal interest.

Canon 5.
A Professional Surveyor should maintain the confidential nature of the surveyor-client relationship.

Canon 6.
A Professional Surveyor should use care to avoid advertising or solicitation that is misleading or otherwise contrary to the public interest.

Canon 7.
A Professional Surveyor should maintain professional integrity when dealing with members of other professions.
_________________________________
Fonte: National Society of Professional Surveyors.
Disponível em (http://www.nspsmo.org) . Acesso em 31-8-2009.

Pesquisa Realizada pelo Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria, 1º de setembro de 2009.

Assunto: Valorização da Agrimensura nos EUA: a instituição da "National Surveyor's Week" pelo Senado.

Em 2006 nos EUA foi publicado pelo Senado dos EUA uma Resolução que institui a "National Suveyor´s Week". O documento que institui a referida semana foi publicado pela "National Society of Professional Surveyors - NSPS" (http://www.nspsmo.org).

Pesquisa realizada pelo Prof. Engenheiro Agrimensor Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria, 4 de setembro de 2009

Assunto: AGRIMENSURA NO CANADÁ

The Canadian Council of Land Surveyors (CCLS)-Fonte: (http://www.ccls-ccag.ca)
Acesso em 4-9-2009
______________
Pesquisa realizada
Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria, 28 de setembor de 2009


Notícia importante para os Curso de Engenharia: Mudança de nomenclatura.
[fonte:(www.ie.org.br). Acesso em 28-9-2009]. Vejam-na.

Pesquisa: Prof. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, 3 de outubro de 2009


O profissional Engenheiro Cartógrafo é fundamental para a sociedade organizada tal como é profissional Médico. Todos os Cursos de Formação em Engenharia Cartográfica têm que ser mantidos e valorizados, porque são patrimônios do saber.

Não entendo por que a mentalidade generalista e inconsequente de certos "agentes" do ensino brasileiro e de certas "organizações profissionais" conseguem tentar defender uma tese que extingue a instituição da Engenharia Cartográfica. É lamentável que estejamos nessa incerteza e retrocesso.

Não existe alguém capaz de verificar que a tal tese não prospera, por exemplo, na Europa, nos EUA e no Canadá?

Que coisa vergonhosa!

Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes,
a serviço do conhecimento genuino e da defesa da profissão.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, 22 de outubro de 2009

Nos EUA a Agrimensura recebe valorizações.

Em 31 de janeiro de 2006, o Senado dos EUA recomendou a "National Surveyors Week"

"109TH CONGRESS 2D SESSION S. RES. 361
Honoring professional surveyors and recognizing their contributions to society.
IN THE SENATE OF THE UNITED STATES JANUARY 31, 2006
Mr. ALLEN (for himself and Mr. STEVENS) submitted the following resolution;
(...)".

National Surveyors Week Dates 2008-2025
March 16-22, 2008 March 19-25, 2017
March 15-21, 2009 March 18-14, 2018
March 21-27, 2010 March 17-23, 2019
March 20-26, 2011 March 15-21, 2020
March 18-24, 2012 March 21-27, 2021
March 17-23, 2013 March 20-26, 2022
March 16-22, 2014 March 19-25, 2023
March 15-21, 2015 March 17-23, 2024
March 20-26, 2016 March 16-22, 2025


Fonte: National Society of Professional Surveyors (NSPS)
Pesquisa: Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Oi Elerson!tudo bem?sou estudante de direito em goiania pela faculdade SUL-AMERICANA e estou fazendo um trabalho que envolve o laudo de um agrimendor,sobre a compra de uma fazenda.Após essa compra o novo proprietário fez a medição foi constatado que a fazenda tinha menos hectares do que na escritura e sendo assim o novo proprietário pede na justiça o complemento da área ou abatimento proporcional do preço.Tem como você disponibilizar um modelo de laudo do agrimensor,pois com isso viso enriquecer o trabalho e divulgar mais o trabalho de vocês.Desde já agradeço!meu emailé:juninnaves@hotmail.com

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, terça-feira, 17 de novembro de 2009

PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS GEODÉSICAS NA UFPR
Fonte: (http://www.cienciasgeodesicas.ufpr.br)
Acesso em 17-11-2009
Pesquisa: Prof. Eng. Agrimensor Carlito Vieira de Moraes

Vejam a divulgação, na íntegra, a seguir.
_______________________________

Programa de Pós-Graduação em
Ciências Geodésicas
Conceito 5 na Capes

Está aberto o processo seletivo para mestrado e doutorado em Ciências Geodésicas da UFPR.
São quatro vagas para doutorado e seis para mestrado, nas áreas de concentração em Geodésia e Levantamentos, Fotogrametria e Sensoriamento Remoto, e Cartografia e SIG.

Para candidatar-se é necessário diploma de graduação plena nas áreas de ciências exatas e
da terra, engenharias ou áreas afins.

As provas do processo seletivo de mestrado serão realizadas nos seguintes locais:
Curitiba/PR – UFPR
Porto Alegre/RS – UFRGS
Goiânia/GO – CEFET
Salvador/BA – UFBA
Viçosa/MG – UFMG
Teresina/PI - UFPI
Calendário
Inscrições: até 30 de novembro de 2009
Prova escrita (somente para mestrado): 4 de dezembro às 14h
Entrevistas (doutorado): 4 a 6 de dezembro às 14h
Para maiores informações os interessados podem visitar o site:
(http://www.cienciasgeodesicas.ufpr.br)
O conteúdo da prova escrita para mestrado inclui o seguinte Conteúdo:
• Trigonometria,
• Geometria Analítica,
• Matrizes,
• Determinantes e
• Sistemas Lineares.
Áreas de concentração:
Geodésia e Levantamentos
Fotogrametria e Sensoriamento
Remoto
Cartografia e SIG

Anônimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, segunda-feira, 7 de dezembro de 2009.

Visitem o forum "O que é Engenharia de Agrimensura" na página (www.ocartografo.com).
Há muitas matérias importantes. Obrigado.
Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, 11 de dezembro de 2009


Hoje é o dia do Engenheiro e do Arquiteto no Brasil.
Saudações.


Vejam um vídeo sobre o Engenheiro Agrimensor
(http://www.youtube.com/watch?v=vB2FxrF1Cl4).
Fonte: www.catho.com.br.
Acesso em 11-12-2009.
_____________________________
Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, sábado, 26 de dezembro de 2009

Assunto

Agrimensura (Vermessungswesen) e Cartografia (Kartographie)na Alemanha:
Cursos distintos

Studiengang Vermessungswesen - Dipl.-Ing. (FH)
(8 Semester, Direktstudium)
http://www.htw-dresden.de/vk/index.php?sgdv
http://www.htw-dresden.de/vk/index.php?sgdv#download
Acesso em 26-12-2009.

Studiengang Kartographie - Dipl.-Ing. (FH)(8 Semester, Direktstudium)
http://www.htw-dresden.de/vk/index.php?sgdk
http://www.htw-dresden.de/vk/index.php?sgdk#download
Acesso em 26-12-2009.

Fonte:
Hochschule für Technik und Wirtschaft Dresden
University of Applied Sciences
http://www.htw-dresden.de

Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Azimuth
Publicación Oficial del Colegio de Ingenieros Topógrafos de Costa Rica
ISSN 1659–2948

Disponilizaçao: "on-line"
Año 4, Numero 9, junho de 2009
http://www.colegiotopografoscr.com/azimuth/revistas/2009/9.pdf

Outros números publicados estão em:
http://www.colegiotopografoscr.com

Acesso em 30-12-2009
Pesquisa: Prof. Eng. agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, 12 de janeiro de 2010

Assunto:
Agrimensura e Cartografia na Alemanha
Vermessungswesen und Kartographie in Deutschland

Vejam:
(FACH)HOCHSCHUL- & WEITERBILDUNGSPORTAL DEUTSCHLAND

(http://www.fachhochschule.de/FH/Fachhochschule/FH/Technik/Vermessungswesen.htm).

Acesso em 12 de janeiro de 2010

Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Assunto:
A valorização da Agrimensura nos EUA e estado da profissão em editorial na revista "Professional Surveyor".

(http://www.profsurv.com/magazine/currentedition.aspx)
Acesso em 14-1-2010.
____________________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Assunto:
Cadastro 2014:Iniciativas da Federação Nacional dos Engenheiros Agrimensores (FENEA), filiada à Fédération Internationale des Géomètres (FIG), que valorizam a Agrimensura no Brasil
(http://www.fenea.org.br)
(http://www.fig.net)
Acesso em 14-1-2010
_______________________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Conférence des Arpenteurs-Géomètres (Canadá)

Sixième conférence nationale des arpenteurs-géomètres et 25 ème anniversaire de L’Association des Arpenteurs des Terres du Canada (AATC)

National Surveyors’ Conference 2010
Thursday, May 6 – Saturday, May 8, 2010
Start: 05/06/2010 - 00:00
End: 05/08/2010 - 23:59

Brochure préliminaire en anglais.
(https://www.acls-aatc.ca/fr/node/100)
(https://www.acls-aatc.ca/en/node/69)
________________________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, terça-feira, 26 de janeiro de 2010


VÍDEOS QUE VALORIZAM A AGRIMENSURA – 1ª PARTE

1) CONSEJO PROFISSIONAL DE AGRIMENSURA DE LA PROVÍNCIA DE BUENOS AIRES
http://www.cpa.org.ar/
http://www.youtube.com/v/KZ3BT4Ko-0M&hl=en
Acesso em 10-10-2009

2) EL SITIO DE LOS AGRIMENSORES – PROVÍNCIA DE CHUBUT – ARGENTINA
http://www.agrimensoreschubut.org.ar
¿DÓNDE ESTUDIAR AGRIMENSURA?
Ver video sobre la carrera del Colegio de Agrimensores y Universidad Nacional de Tucumán
http://www.youtube.com/watch_popup?v=ZGmgl-0NKG0#t=13
Acesso em 10-10-2009

3) ORDRE DES GÉOMÈTRES-EXPERTS - FRANÇA
http://www2.geometre-expert.fr/index.php?option=com_content&view=article&id=73:video
Acesso em 10-10-2009

4) ORDRE DES ARPENTEURS-GÉOMÈTRES DU QUEBEC - CANADÁ
http://www.oagq.qc.ca
http://www.oagq.qc.ca/centredocumentation/quoideneuf/16
Acesso em 10-10-2009

5) Engenheiro Agrimensor
Professional Land Surveying – a career without boundaries
http://www.youtube.com/watch?v=Ps1ic7nDK6o
Acesso em 12-10-2009

Land Surveying - Maryland Association of Surveyor


6)National Society of Professional Surveyors – NSPS
http://www.californiasurveyors.org/files/education.html
View Surveying Career Video

7)Californian Land Surveyors
www.youtube.com/watch?v=DhAgSUYn96s

8)Land Surveying for Kinds
http://landsurveyorsunited.ning.com/video/land-surveying-for-kids

9)http://landsurveyorsunited.ning.com/video/volumetric-surveying-is-crappy

10)http://www.youtube.com/watch?v=uFWFjF9sR44&feature=player_embedded#


11)Survey Tech Solutions - Florida
http://landsurveyorsunited.ning.com/video/survtech-solutions-animated


12)Land Surveying in Arkansas
http://www.youtube.com/watch?v=QSvDLiC7BgM&feature=player_embedded


13)Himno de La Agrimensura - Estudiantes de Cordoba.
http://topografos-consultores.com/videos- topografia/video/CijlPhJYU44&feature=youtube_gdata


14)http://topografos-consultores.com/videos-topografia/video/8EaHmPkhM2A
_____________________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, terça-feira, 26 de janeiro de 2010

VÍDEOS QUE VALORIZAM A AGRIMENSURA - 2ª PARTE


15)La Escuela Profesional de Ing. Topografica y Agrimensura (UNA - PUNO) – Peru
http://topografos-consultores.com/videos-topografia/video/TdY2l9xUG24


16)Agrimensura: aula em coro
http://topografos-consultores.com/videos-topografia/video/HjzNWpfWVfc


17)Consejo Agrimensura - Entrevista: 25 anos de trabalho em Agrimensura
http://topografos-consultores.com/videos-topografia/video/6jvkBdsUjNw

18)The worst jobs in history - land surveyor / pole man
http://superdownloads.uol.com.br/templates/videos.frameset.cfm?id=N1m_pXX44sY&title=The%20worst%20jobs%20in%20history%20-%20land%20surveyor%20%2F%20pole%20man

19)Your Career as a Land Surveyor–California Land Association - www.californiasurveyors.org
http://superdownloads.uol.com.br/templates/videos.frameset.cfm?id=97bannreZqI&title=Choose%20Your%20Path%20-%20Your%20Career%20as%20a%20Land%20Surveyor%20%28Promo%20for%20CA%20Land%20Surveyors%20Assoc.%29

20) A Day in the Life of a Land Surveyor
http://www.youtube.com/watch?v=V_X3dqDRXhM
Acesso em 10-12-2009.

21)Engenheiro Agrimensor
(http://www.youtube.com/watch?v=vB2FxrF1Cl4)
Fonte: www.catho.com.br
Acesso em 11-12-2009


22)Carreira de Agrimensura (Surveying - L’Arpentage) no Canadá
L’Association des Arpenteurs des Terres du Canada (AATC)
The Association of Canada Lands Surveyors (ACLS)
http://www.acls-aatc.ca
Imagens
http://www.acls-aatc.ca/fr/node/91
http://www.acls-aatc.ca/en/node/43

22) Formation Géomètre na Bélgica
http://www.ecam.be/index.php?option=com_content&task=view&id=816&Itemid=99

23) http://www.surveyors.org.nz/careers-and-education/careers

24) http://www.geometri.av.it/admin_2/news/video/index.php?file_id=professione_geometra.flv

25)http://www.geometri.av.it/admin_2/news/video/index.php?file_id=promo_cng.flv

26) http://www.primocanale.it/viewprogramma.php?id=48&servizio=1069

27) http://www.geometrimo.it/gallery_video.php?p=2011&id=6887#
28) http://www.vermessungsingenieur.de/wirUeberUns/advMassarbeit.php
29)
http://www.big-annuaire.com/big-video-Geometre.php
Acesso em 2-1-2010

30) Surveying Engineering (Ferris State University)
http://www.ferris.edu/htmls/colleges/technolo/surveyingvideo/video1/
http://www.ferris.edu/htmls/colleges/technolo/surveyingvideo/video2/
Acesso em 12-1-2010

31) Certified Federal Surveyor (CFedS)
Introducing "Boundary Surveys: Part of Time, History, Land".
Certified Federal Surveyor (CFedS) Program.
http://www.cfeds.org/video.asp


32) Cadastro de Quebec
http://portesouvertes.mrnf.gouv.qc.ca/experts/
__________________________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasilien, Donnerstag, 4. Februar 2010

O "Leibniz-Rechenzentrum der Bayerischen Akademie der
Wissenschaften" da "Technischen Universität München" elaborou
uma lista de "sites" acadêmicos das escolas onde se ensinam
Geodésia, Agrimensura, Fotogrametria, Cartografia,GIS (ciências aplicadas que compõem a "Geomatics Engineering").


ACADEMIC SITES FOR GEOMATICS ENGINEERING (GEODESY, SURVEYING, PHOTOGRAMMETRY, CARTOGRAPHY, GIS)

(http://www.lrz-muenchen.de/~t5831aa/WWW/Links.html)

Fonte:
Technischen Universität München
Leibniz-Rechenzentrum der Bayerischen Akademie der Wissenschaften
(http://www.lrz-muenchen.de)

Acessos em 4-2-2010
___________________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

VALORIZAÇÃO DA AGRIMENSURA: ORGANIZAÇÕES DE AGRIMENSURA EM CADA ESTADO DOS EUA E PARTES DO CANADÁ

O endereço de internet, a seguir citado, apresenta o mapa dos EUA e partes do Canadá. Cada estado é uma "homepage" de uma Organização em Agrimensura. Verifiquem as informações importantes no âmbito da Educação e da Profissão em Agrimensura.

http://www.nspsmo.org/index.cfm?fuseaction=Page.viewPage&pageId=496

Fonte:
NATIONAL SOCIETY OF PROFESSIONAL SURVEYORS (NSPS)
http://www.nspsmo.org
_______________________________
Acessos em 10-2-2010.
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, 20 de março de 2010

PROCLAMATION
NATIONAL SURVEYOR’S WEEK
MARCH 21ST TO 27ST, 2010

[http://www.nspsmo.org/_data/global/images/2010%20NSW%20Proclamation.pdf]

Acesso em 20-3-2010.
_____________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, sábado, 22 de maio de 2010

Assunto:Educação em Agrimensura [www.gromatica.net]


A Gromatica é uma instituição de pesquisa em educação que trata as seguintes ciências aplicadas: Geometria, Agrimensura, Arpentage, Surveying e Vermessungswesen. Ela foi criada em 2009 pelo Prof. Carlito Vieira de Moraes.

A missão desta instituição é disponibilizar, aos acadêmicos e aos profissionais, a pesquisa nos programas das instituições de ensino e das instituições profissionais existentes no mundo.

A outra missão é a valorização do conhecimento.

A instituição não objetiva fins comerciais ou publicitários de mercado.

A página de internet [www.gromatica.net] está em desenvolvimento. Por isso, algumas seções carecem de elaboração, e outras seções carecem de aprimoramento.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, sexta-feira, 25 de junho de 2010

Agrimensores no Trabalho – Surveyors at Work
www.plso.org/SurveyorsAtWork/SurveyorsAtWork.html

Fonte:
Professional Land Surveyors of Oregon (PLSO)
http://www.plso.org
______________________________
Pesquisa: Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.

Anônimo disse...

Santa Maria-RS, Brasil, sexta-feira, 23 de julho de 2010

Assunto: Evento
11° Congreso Nacional e Internacional de Ingenieria Topográfica, Geodésica y Geomática
27, 28 Y 29 de octubre de 2010, Zacatecas, México
Colegio de Ingenieros Topógrafos A. C.
www.citac-mex.org.mx/eventos.html

Anônimo disse...

Referenciais Nacionais da Engenharia de Agrimensura na Argentina

Legislação Argentina que trata a Engenharia de Agrimensura
Ministerio de Educación – Educación Superior
Resolución 1054/2002

Temas Fundamentais tratados na Resolução:
Título: “Ingeniero Agrimensor”;
1) Contenidos Curriculares Básicos;
2) Carga Horaria Mínima;
3) Criterios de Intensidad de la Formacion Practica;
4) Estandares para la Acreditacion;
5) Actividades Profesionales Reservadas al Titulo de Ingeniero Agrimensor.

Fonte:
Colegio de Agrimensores de Tucumán
www.colagrimtuc.com.ar
Acesso ao documento:
www.colagrimtuc.com.ar/legislacion/res1054.htm

Rafael disse...

Olá!
Meu nome é Rafael Lino,sou técnico Agrimensor formado recentemente,ano de 2010.
Agora em 2011 ingressei na graduação de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica,pelo Instituto Federal do Sul de Minas.
Essa unificação tem mostrado uma grande procura de alunos a prestarem vestibular.E eu realmente acho que esta profissão esta a caminho de alcançar garnde posição no cenário mundial.
Abraço!

Anônimo disse...

Convite.
Lançamento da Sociedade Brasileira de Agrimensura
Local: São Leopoldo-RS-Brasil - Universidade UNISINOS - Sala de Seminários II da Biblioteca
Data: dia 18 de junho de 2011 (sábado), às 14 horas.
______________________________
Prof. Eng. Agrim. Carlito Vieira de Moraes.