sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Estreia no kart!

Ontem fui convidado a participar de uma prova de Kart. Estranhei o fato de meus amigos na empresa ficarem surpresos com minha participação. Uns (a maioria) porque pensaram que eu não seria capaz de gastar os R$38,00 pelos 15 minutos de brincadeira. O restante imaginou que, simplesmente, não combinava comigo...

Tenho boas experiências na busca de alternativas para reduzir o stress. Corrida, caminhada, natação, ficar de bobeira, massagem e a maior delas: andar de montanha russa. Encarei o kart desta forma.

Ao chegar lá a tendência foi por avaliar o negócio (quem diria). Estimar o investimento inicial, o potencial para desenvolvimento e as possibilidades de sucesso. Numa análise superficial ficamos apenas com a impressão do que vemos, mas me arrisco a dizer que o projeto tem futuro, mas essa fase inicial terá papel fundamental. A combinação de marketing bem feito (e aqui não estou falando só de divulgação, mas também de políticas de fidelização, experiência para o consumidor e uma sintonia fina no preço, entre outros) e serviço bem prestado.
Com o passar do tempo a análise ambiental foi sendo substituída pela tensão da prova. Era preciso me concentrar para a estréia e ficamos observando a disputa anterior na tentativa de encontrar fórmulas que levassem à vitória.

Tivemos um pequeno briefing com o básico das regras e dicas, vestimos os equipamentos necessários e aceleramos... O resultado vocês acompanham nas fotos abaixo (já era noite e nossa fotógrafa não teve acesso à pista).
Meu desempenho como piloto na estréia deixou a desejar. Tenho muito que aprender, mas meu amigo Ramon bateu o recorde da pista.
Durante e um pouco depois da corrida não há preocupações com casa, trabalho, estudos... A adrenalina está lá em cima e a sensação é incrível. Recomendo.



2 comentários:

Giovanno Pretto disse...

Teco

Senti essa mesma sensação cerca de 15 dias atás... tb fui convidado a participar da minha primeira corrida de kart.
No primeiro momento, a impressão é q é mais facil q dizem.... depois vc percebe que é mto mais dificil q parece... Mas é uma delícia... a velocidade, as disputas por posição... aprender a cada volta como melhorar o tempo...
Enfim, é ótimo!!! Fiquei ainda mais fã dos pilotos da F1...
O único problema é q vc fica moído no dia seguinte... vc vai ver... eh eh eh
Abraços

Elerson disse...

É verdade meu caro... Como o carro balança. Eu usei uma almofada, mas mesmo assim no outro dia dava pra contar os hematomas. Na empresa já estão pensando no 1o campeonato. Valeu.