quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Phinalmente iPhone (3GS)



Sou um Macmaníaco assumido. Dentro das minhas possibilidades, mas ainda assim assumido. Tem sido assim desde que, por influência do Prof. Cristovão Pereira, adquiri meu MacBook (dá pra contar nos dedos de uma mão as vezes em que ele travou este ano - pense numa máquina rodando Widows com uma estatística como essa - e olha que já estamos em setembro).
Digo "dentro das minhas possibilidades" porque reconheço que os preços sã um tanto elevados. Ainda mais aqui no Brasil. Mas acredito que se você puder gastar algo com 20% a mais em uma boa máquina não deixe de fazer esse bom negócio.

Com o iPhone é a mesma coisa. É um produto legítimo da Apple. Um divisor de águas em que se olharmos  para o passado recente é possível vislumbrar o impacto que trouxe (e ainda traz) ao mercado. Mas o preço... Dentro das minhas possibilidades, que mal há?

Perdi recentemente meu E-71, estava numa pequena disputa com a Vivo relacionada a problemas com a portabilidade, ganhei um bom desconto, uma boa condição de parcelamento e adivinhem!!! ESTOU DE IPHONE 3GS!!!
A Vivo mereceu essa compra. As funcionárias da loja do Shopping Ibirapuera foram além das expectativas.
Enfim, a admiração que comecei a ter pelo aparelho lá na Califórnia quando ninguém vendia por aqui, se transformou na satisfação de saber que estou bem servido como cliente.

Não tenho muito o que dizer ainda sobre o iPhone. Minha prioridade no momento é ser pai do pequeno Antônio, mas mesmo assim já tenho várias Apps instaladas.

Então lembrem-se: se tiverem um pouco a mais de condições, corra para a Apple!

Um comentário:

Bruno disse...

Phelicidades com a compra!! hehe
E conte tudo sobre o aparelhinho. Quando o Antônio der folga, é claro!! Grande abraço.